segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

LÉCIO DORNAS

E quem salva o Jorge?

Lécio Dornas

Que as novelas da televisão brasileira estão em queda há tempos, não é segredo para ninguém. Quando achamos que chegaram ao limite do tétrico, aparece uma de nível ainda mais baixo.

A Rede Globo exibe, desde 22 de Outubro passado, o folhetim de Glória Perez, "Salve Jorge". A polêmica intalou-se logo e muito comentário alimentou o palavlório na mídia e nos ambientes eclesiásticos. Precisei ir à pesquisa para entender o eixo da balbúrdia.

A autora tenta conectar a controvertida história de Jorge (275-303d.C.), conde da Capadócia (hoje parte da República da Turquia), epecialmente o mito “O dragão e a princesa”, onde Jorge teria matado um dragão ao qual já haviam sacrificado todas as donzelas de Sylén, na Libia, com excessão da princesa Sabra, filha do rei do Marrocos e do Egito. Ela seria oferecida ao dragão no dia seguinte ao da chegada de Jorge na cidade. Segundo a lenda, Jorge se colocou com seu cavalo à frente do cortejo que levava a princesa, atacou o dragão e o matou, cravando sua lança no pescoço da fera. O rei, não querendo que sua filha se casasse com um cristão, tentou armar para que Jorge fosse morto, mas o mesmo escapou e fugiu com Sabra para a Inglaterra, onde casaram-se e foram felizes.

No folhetim, a intenção é reproduzir a saga, numa tentativa de releitura contemporânea. Os temas do tráfico de mulheres, contrabando de crianças, drogas, prostiuição, adultério, traições, negociatas, dentre outros, são habilmente tecidos visando fazer emergir um herói-galã que deverá ser feliz com a princesa da novella. Isto acontece após desbaratar uma quadrilha militante no tráfico de drogas, crianças e mulheres na ponte Rio de Janeiro - Turquia. Tudo isso, é claro, num caldo de muita sensualidade, materialismo, egoismo e intrigas, especilidades da emissora.

No entando. as situações problemáticas da novela, envolvendo pessoas nas mais baixas, degradantes e sujas confusões e tramas, são sórdidas e pérfidas. E ainda há o refrão: "Salve Jorge!" sendo repetido no início e no final de cada bloco. Isso pare sugerir que Jorge vai intervir e atuar no desfazer de cada nó que Gloria Perez e a equipe da Globo fizeram. Em geral, tratam-se de situações muito presentes na vida real, embora no site da novela encontramos a afirmação dizendo: "Esta é uma obra coletiva de ficção baseada na livre criação artística e sem compromisso com a realidade". (http://tvg.globo.com/novelas/salve-jorge/creditos.html). Irônico, no mínimo.

Os rolos e as interações pernósticas e abusivas são tão vulgares e, ao mesmo tempo, complicadíssimas do ponto de vista da relações humanas, que a gente fica com pena do Jorge. Se ele tiver que agir em cada bagunça da novela, tadinho dele. Será feliz se ao menos conseguir que toda sua reputação de herói não caia por terra.

Que a podridão das telenovelas não invada a vida dos brasileiros, uma vez que as mesmas já lhes invadiram os lares!

Diz a história que Jorge foi um cristão exemplar, que jamais negociou suas convicções cristãs e nunca abriu mão de sua fé em Jesus. Tornou-se mesmo um mártir, por recusar negar sua fé em Cristo. Tomara que este folhetim não apague o que há de bom na biografia do conde da Capadócia.

Que Deus salve o Brasil do Jorge da saga e que o Jorge da história seja salvo das garras do folhetim bestial, já que não o conseguiu ser da crendice popular alimentada por Roma.
_______________________
Lécio Dornas é o Coordenador do Ministério Brasileiro da American Bible Society.

AGRADECIMENTO


O terra, terra, terra! Ouve a palavra do SENHOR. 
Jeremias 22:29

Temos muita alegria de poder  ter esta ferramenta para falar do amor de Deus e compartilhar do que ele tem feito em nossas vidas como tem abençoado nosso ministério.
Ficamos gratos a todos que estão em várias partes do mundo que podem entrar em nosso blog e cremos de uma maneira ou outra serem abençoados com a Palavra de Deus ministrada e compartilhada. Queremos abrir este espaço para que você possa comentar ou compartilhar suas experiências com Deus. Moramos no Brasil um país lindo com muitas riquezas naturais, mas com muitas dificuldades politicas,morais e religiosas. Deus tem nos levantado a favor desta nação para clamar  e interceder por vidas que estão nas densas trevas. Que Deus abençoe a todos e muito obrigado por estarem conosco mesmos distantes.

domingo, 13 de janeiro de 2013

CUIDADO COM O QUE FALA, E DE QUEM FALA

1- Arrogância de Miriã e de Arão falando contra Moises por ter se casado com uma mulher que não era do arraial de Israel. Aqui  mostra uma situação de discordância contra o líder gerando uma murmuração uma critica.
E falaram Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita.

2- Deus que estabelece e unge quem ele quer para obra que Ele tem.Podemos ver o descontentamento e Miriã e seu irmão por Deus falar de uma maneira sobrenatural com Moises podemos sentir um ar de ciumes e inveja. Deus vê como o homem não vê, uma carcteristica de Moises era a mansidão.
E disseram: Porventura falou o SENHOR somente por Moisés? Não falou também por nós? E o SENHOR o ouviu.
E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.
E logo o SENHOR disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três.
3-Será que estamos preparados para o tratamento de Deus? Nosso Deus é um Deus que confronta que joga limpo e claro.
Então o SENHOR desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram. 
Números 12:1-5
4- Deus deixa bem claro que Ele fala sim com profetas através de sonhos ou visão, mas com Moises  era diferente porque ele falava face a face então a Deus se irou pelo murmuração que havia sido feita. Há uma realidade  muito séria na rebelião e murmuração abre portas pra vários demonios entrar e caudar grandes danos na vida cristã.
E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o SENHOR, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.
Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa.
Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do SENHOR; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?
Assim a ira do SENHOR contra eles se acendeu; e retirou-se. Números 12:6-9
5- A triste consequência, A presença do Senhor se retirou de sobre a tenta, Miriã ficou leprosa penso que nos nossos dias muitos estão leprosos espiritualmente, e emocionalmente por falar contra as autoridades constituída por Deus e orgulho não deixa ver sua real condição espiritual. Por sete dia ficou fora do arraial atrasando a caminhada do povo,Muitas vezes quando Deus aplica a disciplina nem as nossas orações podem impedir a consequências do pecado.
E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou leprosa como a neve; e olhou Arão para Miriã, e eis que estava leprosa.
Por isso Arão disse a Moisés: Ai, senhor meu, não ponhas sobre nós este pecado, pois agimos loucamente, e temos pecado.
Ora, não seja ela como um morto, que saindo do ventre de sua mãe, a metade da sua carne já esteja consumida.
Clamou, pois, Moisés ao SENHOR, dizendo: O Deus, rogo-te que a cures.
E disse o SENHOR a Moisés: Se seu pai cuspira em seu rosto, não seria envergonhada sete dias? Esteja fechada sete dias fora do arraial, e depois a recolham.
Assim Miriã esteve fechada fora do arraial sete dias, e o povo não partiu, até que recolheram a Miriã.
6 - Depois desta lição houve restauração e o temor ao Senhor retornou e puderam seguir a viagem.
Porém, depois o povo partiu de Hazerote; e acampou-se no deserto de Parã. 
Números 12:10-16  
Que possamos aprender co está história e que nós não venhamos ser leprosos e deixar de avançar em nossos projetos por causa da rebelião e murmuração que só atrapalha o crescimento da igreja e dá base legal par os demônios atuarem no meio da Igreja.


Prª Eliana Araújo 13/01/13 

CASAS QUE JESUS ENTROU


NIVALDO NASSIF

2. DOENÇAS PODEM ATACAR INCLUSIVE PESSOAS ENVOLVIDAS COM A OBRA DE DEUS. Cuidado com o segundo grande engano: Crentes engajados na obra serão isentos de lutas, dores e sofrimentos. Isto não é verdade. Muito pelo contrário, os que estão mais engajados, mais à frente na linha de fogo, sãos os que mais sofrem os ataques do inimigo. Veja o exemplo do Apóstolo Paulo (II Coríntios 11:16-33). , Tiago, o primeiro dos discípulos a ser martirizado pela decapitação. E, o que falar sobre os herois da fé? (Hebreus 11). A maioria dos missionários que conheço pessoalmente, estão passando tremendas lutas. Doenças constantes. Dificuldades de todos os tipos. Alguns estão sendo perseguidos. Alguns tem filhos ou cônjuge enfermos. Conheço vários deles que já “entregaram” ao Senhor membros de suas famílias durante o exercício missionário. Eu não sei explicar porque o Senhor faz ou permite tal coisa. Mas, posso garantir que pessoas santas e comprometidas também são alvos de enfermidades, dores, aflições e a té a morte. Mas, sei também o quanto são felizes (apesar das dores e angüstias insistentes), o quanto conhecem o rosto do Senhor e o quanto serão ricamente recompensados na eternidade. Naquele dia, haveremos de saber a diferença entre os que servem e os que não servem….



3. DOENÇAS PODEM TER DIFERENTES ORIGENS. Doenças pode vir de causas naturais. Você se expõe a um virus ou bacteria e então contraem uma doença. Se distraem na direção do carro e pode enfrentar um acidente. Doenças podem vir de causas espirituais – o pecado pode trazer enfermidades (Salmo 51). Sei que o pecado enferma. Especialmente, porque traz culpa e culpa está no campo das emoções. Que por sua vez acabam machucando seu corpo. Já tratei terapeuticamente de pessoas com o que chamo de “doenças pneuma-psico-somáticas”. Encontrar perdão é encontrar cura! Doenças podem vir de causas espirituais – atividade satânica. Por que estou dizendo isto? Por causa da palavra que o Senhor usou para repreender a febre da sogra de Pedro. Jesus repreendeu a febre usando a palavra “amatio” – que é a mesma palavra que Ele usou para repreender a tempestade e repreender os demônios que estava no homem de Gadara. Provavelmente aquela febre tinha uma origem malígna. O mesmo se passou com a “filha de Abraão” que estava encurvada por 18 anos, e se tratava de um demônio…(lucas 13:11-16)

4. JESUS CRISTO SEMPRE SE “CO-MOVE” COM A REALIDADE HUMANA. Jesus SEMPRE VÊ a nossa realidade. Ele viu a viúva que ia enterrando seu único filho; Ele viu o paralítico no tanque de Betesta; Ele viu a sogra de Pedro. Deus viu o sofrimento do povo, quando Moisés diante da sarça ardente houve a voz do Senhor que diz estar ouvindo e vendo o sofrimento de Seu povo.. O Apocalípse informa que a oração e o sangue dos mártires sobem à presença do Senhor. O Salmo 139 informa-nos que o Senhor jamais nos perde de vista. O Novo Testamento, nas palavras de Jesus, nos ensina que os fios de cabelo de nossa cabeça estão contados. Deus se importa com você. Ele esta vendo você AGORA MESMO! Deus não é um relojoeiro que construiu um relógio, deu corda e virou as costas. Deus construiu o Universo com 100 milhões (talvez bilhões) de galaxias, com trilhões e trilhões de estrelas em cada uma delas. Fez o planeta Terra, uma bolinha azul invisível na periferia da Via Láctea. E mesmo, NÓS, sendo tão pequenininhos, Ele SE IMPORTA com cada uma de nós. Ele SE IMPORTA com cada e todos os seres-humanos. TODOS e CADA UM!!! Ainda, que tenhamos sido nos mesmos, os seres humanos, os principais causadores do sofrimento do mundo (pessoas e natureza), o Senhor se comove com a nossa realidade e é tocado pela nossa dôr. Ele, então sempre fará algo em favor dos que sofrem….Podemos ter certeza de que Ele SEMPRE fará ALGO.

CASAS QUE JESUS ENTROU

NIVALDO NASSIFF

II- O MOVIMENTO DE JESUS


Depois, então, de lermos os textos podemos perceber um certo movimento, que talvez possamos descrever da seguinte maneira: 
O Senhor Jesus Logo depois de ser batizado, vai ao deserto e permanence alí por 40 dias. Foi tentando por Satanás durante aqueles dias. Quando retorna de seu periodo de retiro, sabe que João Batista havia sido encarcerado, Jesus decide deixar Nazaré e vai para morar em Cafarnaun, aldéia à beira-mar. O Evangelista Mateus vê este gesto não como uma fuga de Jesus, mas como o cumprimento da profecia de Isaias 9:-12. Não se pode saber se Jesus estava morando já neste tempo na casa de Pedro.. O texto Bíblico segue dizendo que Jesus quando chega àquela região, logo chama Pedro, Tiago e João. Em seguida, o Senhor prega em toda a região da Galiléia. O texto Bíblico usa uma expressão muito interessante: “Jesus pregava o evangelho do reino e curava toda sorte de doenças…enfermidades, tormentos e endemoninhados, lunáticos e paralíticos… Que lista interessante, não é mesmo? Mas o mais interessante é o uso da conjução “E”. Jesus pregava o evangelho E curava….Significa isto: Pregava o Evangelho, ISTO É, curava, sarava, libertava…. Curar, sarar, aliviar, trazer pessoas da loucura à normalidade, libertar pessoas de demônios é PREGAR O EVANGELHO. Em seguida, depois de ver numerosas multidões seguindo-O, subiu ao monte e pregou um dos mais espetaculares sermões da História: O “Sermão da Montanha: Depois, ao descer da montanha, Jesus cura um leproso e cura um criado de um militar romano, cuja fé impressionou o Senhor Jesus. Então, seguem para a Sinagoga de Cafarnaun. Alí, o Senhor expulsou o demônio de um homem que estava entre eles na Sinangoga. Quando termina o “service” na Sinagoga, Jesus, Pedro, Tiago, João e André foram à casa de Pedro. Lá estava sua sogra enferma, com uma febre…Marcos mensiona que eles falaram a Jesus a respeito dela. Lucas menciona que rogaram-lhe por ela e que o Senhor a tomou pela mão, repreendeu a febre , a ajudou se levantar e a curou completamente. Em seguida a sogra de Pedro passou a servi-loS. Não só a Jesus, mas a todos na casa. Então, no final do dia, ao entardecer, toda a cidade estava reunida à porta da casa de Pedro. Novamente, o Senhor cura muitos, toda sorte de enfermidades e liberta pessoas de demônios….
Tudo indica que em uma casa com a presença do Senhor, há curas internas para que estejam capacitados para servir os que precisam de cura à porta. Parece que casas curadas são tremendos atrativos para pessoas enfermas e endemoninhadas da vizinhança.
Tempos depois, o Senhor condenaria a cidade por sua incredulidade (lucas 10:13-16). Parece que o Senhor esta ensinando que quanto maior o privilégio – ver tantos milagres e ver Jesus – maior sera a responsabilidade e maior sera o juizo….

III- LIÇOES DESTA HISTÓRIA
Assim, sendo vamos tentar encontrar as lições desta história. As lições desta visita do Senhor Jesus à casa de Pedro. Vamos lá? 
1. DOENÇAS PODEM CHEGAR À CASA DE QUALQUER PESSOA. Cuidado com o primeiro grande engano, que é: quem é crente não sofre e nem passa por problemas. Vida em abundância, pode significar o enfrentamento de circunstancias muito difíceis na vida e não a ausência de lutas e dificuldades. E, se o Senhor Jesus vivia emprestado na casa de Pedro, podemos também alegar que, mesmo em casas onde o Senhor Jesus habita, as doenças podem entrar. A questão não é transformar Jesus em um “amuleto” da sorte e da proteção. A questão é ter Jesus em casa, caso a enfermidade ou o ataque, ou o enfretamento difícil invadirem o lar. Infelizmente há gente que ensina que Jesus é a garantia da absoluta imunidade. Enquanto Ele disse que no mundo teríamos aflições….

CASAS QUE JESUS ENTROU

JESUS NA CASA DE SIMÃO PEDRO 



Queridos amigos e amigas do “Face”, como estão? Hoje, vamos partilhar das maravilhosas lições oriundas da visita do Senhor Jesus à casa de Pedro.
Vamos ler os três textos que contam esta experiência  afim de conseguirmos entender e apreender as lições da Bíblia. Os textos são: Mateus 8:14-15; Lucas 4:38-41; Marcos 1:29-31
I- CAFARNAUN – CENÁRIO DOS MILAGRES
Aprenderemos algumas curiosidades sobre o “pano de fundo” desta passagem: Começaremos com o nome da cidade. CAFARNAUN. Trata-se de uma palavra composta de dois nomes: CAFAR, que significa ALDEIA. E também da palavra NAUN, que significa CONSOLADOR, CONFORTADOR. Não existe informação textual antropológica ou arqueológica que possa nos garantir alguma ligação com o profeta Naun, do Antigo Testamento e o nome desta aldeia. Poderia, mais facilmente estar relacionada a alguém que também se chamava Naun e que fora dono ou chefe daquela pequena aldeia no passado.
Cidade da Galiléia localizada às margens do mar Galiléia. Fica mais ou menos a 35 km de Nazaré. Jesus deu início ao seu ministério público na sinagoga dessa cidade. Cafarnaum tornou-se o centro da atividade de Jesus na Galiléia (Mt 4.13). Era o principal centro comercial e social dessa região. Ali, sobre a grande estrada entre a Síria e a Palestina, eram recolhidos os impostos de alfândega e se encontrava estacionada uma guarnição romana. Jesus veio para esse lugar após sair de Nazaré. Em Cafarnaum Jesus convocou Mateus.
Cristo profetizou a queda de Cafarnaum, e atualmente seus montes de pedras de basalto negro provenientes das edificações se estendem por um quilômetro e meio ao longo da costa do mar. Por todos os lados aparecem linhas tênues de edificações sobre a superfície. As mais importantes dessas edificações são as ruínas de uma estrutura de forma octogonal, apontada atualmente como sendo a casa de Pedro (é provável que seja um edifício comemorativo do lugar onde se encontrava a casa do apóstolo Pedro), e as ruínas de uma das melhores e mais bem conservadas sinagogas da Galiléia.
Todo trabalho de escavação nesse lugar tem-se limitado à sinagoga. Esta era uma construção de dois andares, com um telhado de duas águas medindo 18 por 24 metros, voltada para Jerusalém. No seu lado oriental havia um belo átrio provido de pórticos. A própria sinagoga fora edificada com pedra calcária branca, e em seu interior havia uma fileira de colunas de cada lado, que estabilizavam o edifício e tornava possível a existência de varandas no segundo andar para mulheres que dali assistiam ao culto.
As decorações no friso interior, na cornija e nos umbrais das portas dessa sinagoga são de uma variedade infinita. Elas incluem figuras de pássaros, de plantas, de animais e de criaturas mitológicas, assim como desenhos geométricos. Ali se encontram os símbolos tradicionais sagrados dos judeus, tais como o candelabro de sete braços e a estrela de seis pontas.
No friso existe um relevo que representa claramente a Arca da Aliança, que ia diante do povo de Israel durante sua peregrinação pelo deserto.
Em uma das colunas de pedra calcária branca há uma inscrição em aramaico que diz: “HLPW, filho de Zebida, filho de Johanan, fez esta coluna. Que ele seja bendito”. Estes nomes, diz o doutor Glueck, corespondem aproximadamente a Alfa a Zebedeu e a João, mencionados no Novo Testamento, na lista de discípulos de Jesus.
Muitos acreditam que essa sinagoga é a que foi edificada pelo centurião (Lc 7.1-5), e a que Jesus visitou na cidade, mas a maioria dos arqueólogos opina que ela foi erguida durante o segundo ou terceiro século d. C., no suposto lugar da sinagoga da época de Cristo. Eles baseiam suas conclusões na arquitetura e especialmente na ornamentação.
O curioso, pelo menos para mim, é que na aldeia cujo nome significa CONSOLAÇÃO e CONFORTO, foi justamente onde o Senhor trouxe conforto e, cura e consolação a tantas pessoas.
Cafarnaun, terminou por ser uma cidade que se tornou extremamente importante para o Senhor Jesus. Na verdade, o Senhor transformou a aldeia em Seu “QG”, de onde partia para suas viagens pelas vilas e aldeias al redor.
Mais tarde, Cafarnaun, junto com outras duas cidades recebe a palavra de condenação porque embora tendo presenciado tantos milagres e a própria pessoa do Senhor Jesus, termiram seus dias em uma indiferença espiritual, ao ponto dos enviados do Senhor terem sido rejeitados ali naquelas regiões. NIVALDO NASSIFF

sábado, 12 de janeiro de 2013

REUNIÃO COM OS PAIS DO PROJETO BETHESDA























TEXTO LUIS FERNANDO VERÍSSIMO

Sobre o BBB 13 ( Não se sabe bem ao certo se o autor é o Luis Fernando Veríssimo ou o Marcelo Guido )

Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. A nova edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo.
Impossível assistir ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros… todos na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterossexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE.
Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido”. Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis? Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores) , carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados.
Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo dia.
Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna. Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, Ongs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar de nossa eterna heroína Zilda Arns).
Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o “escolhido” receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a “entender o comportamento humano”. Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$$$$$$$ $$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.
Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores).
Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores. Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa…, ir ao cinema…. , estudar… , ouvir boa música…, cuidar das flores e jardins… , telefonar para um amigo… ,·visitar os avós… , pescar…, brincar com as crianças… , namorar… ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.

Drogas evitar a primeira vez


DROGAS, Alerte as pessoas, familia, amigos vizinhos para não começar a usar. (Informação, a unica ferramenta capaz de combater as drogas) veja a historia abaixo

Alertem seus filhos (as), sobrinhos (as), amigos (as).
É muito triste!
A história é muito triste e infelizmente, bem verdadeira ...

A quem possa interessar...

Relato da EX-PAQUITA PATRÍCIA do programa da XUXA Leia, e repasse
para quantas pessoas conseguir.........


Meu nome é Patrícia, e encontro-me no momento quase sem
forças, mas pedi para a enfermeira Dane minha amiga escrever esta carta que
será endereçada aos jovens de todo o Brasil, antes que seja tarde demais:

Eu era uma jovem 'sarada', criada em uma excelente família de classe média
alta Florianópolis. Meu pai é Engenheiro Eletrônico de uma grande estatal e
procurou sempre para mim e para meus dois irmãos dar tudo de bom e o que tem
e melhor,inclusive liberdade que eu nunca soube aproveitar.

Aos 13 anos participei e ganhei um concurso para modelo e manequim para a
Agência Kasting e fui até o final do concurso que selecionou as novas
Paquitas
do programa da Xuxa. Fui também selecionada para fazer um Book na Agência
Elite em São Paulo.

Sempre me destaquei pela minha beleza física, chamava a atenção por onde
passava. Estudava no melhor colégio de 'Floripa', Coração de Jesus. Tinha
todos os garotos do colégio aos meus pés.

Nos finais de semana freqüentava shopping, praias, cinema, curtia com minhas
amigas tudo o que a vida tinha de melhor a oferecer às pessoas saradas,
física e mentalmente.

Porém, como a vida nos prega algumas peças, o meu destino começou a mudar em
outubro de 2004. Fui com uma turma de amigos para a OKTOBERFEST em Blumenau.
Os meus pais confiavam em mim e me liberaram sem mais apego. Em Blumenau,
achei tudo legal, fizemos um esquenta no 'Bude', famoso barzinho na Rua XV.

À noite fomos ao 'PROEB' e no 'Pavilhão
Galego' tinha um show maneiro da Banda Cavalinho Branco. Aquela movimentação
de gente era "trimaneira''.

Eu já tinha experimentado algumas bebidas, tomava escondido da minha mãe o
Licor Amarula, mas nunca tinha ficado bêbada. Na quinta feira, primeiro dia
e OKTOBER, tomei o meu primeiro porre de CHOPP.

Que sensação legal curti a noite inteira
'doidona', beijei uns 10 carinhas, inclusive minhas amigas colocavam o CHOPP
numa mamadeira misturado com guaraná para enganar os 'meganha', porque menor
não podia beber; mas a gente bebeu a noite inteira e os otários' não
percebiam.

Lá pelas 4h da manhã, fui levada ao Posto Médico, quase em coma alcoólico,
numa maca dos Bombeiros.. Deram-me umas injeções de glicose para melhorar.
Quando fui ao apartamento quase 'vomitei as tripas', mas o meu grito de
liberdade estava dado. No dia seguinte aquela dor de cabeça horrível, um mal
estar daqueles como tensão pré-menstrual. No sábado conhecemos uma galera de
S. Paulo, que alugaram um ap' no mesmo prédio. Nem imaginava que naquele dia
eu estava sendo apresentada ao meu futuro assassino. Bebi um pouco no
sábado, a festa não estava legal, mas lá pelas 5:30 h da manhã fomos ao 'ap'
dos garotos para curtir o restante da noite. Rolou de tudo e fui apresentada
ao famoso baseado 'Cigarro de Maconha', que me ofereceram.

No começo resisti, mas chamaram a gente de 'Catarina careta', mexeram com
nossos brios e acabamos experimentando. Fiquei com uma sensação esquisita,
de baixo astral, mas no dia seguinte antes de ir embora experimentei
novamente.
O garoto mais velho da turma o 'Marcos', fazia carreirinho e cheirava um pó
branco que descobri ser cocaína. Ofereceram-me,mas não tive coragem naquele
dia.
Retornamos a 'Floripa' mas percebi que alguma coisa tinha mudado, eu sentia
a necessidade de buscar novas experiências, e não demorou muito para eu
novamente deparar-me com meu assassino 'DRUGS'.
Aos poucos, meus melhores amigos foram se afastando quando comecei a me
envolver com uma galera da pesada, e sem perceber, eu já era uma dependente
química, a partir do momento que a droga começou a fazer parte do meu
cotidiano.

Fiz viagens alucinantes, fumei maconha misturada com esterco de cavalo,
experimentei cocaína misturada com um
monte de porcaria.

Eu e a galera descobrimos que misturando cocaína com sangue o efeito dela
ficava mais forte, e aos poucos não compartilhávamos a seringa e sim, o
sangue que cada um cedia para diluir o pó.

No início a minha mesada cobria os meus custos com as malditas, porque a
galera repartia e o preço era acessível. Comecei a comprar a 'branca' a R$
10,00 o grama, mas não demorou muito para conseguir somente a R$ 20,00 a
boa, e eu precisava no minimo 5 doses diárias.

Saía na sexta-feira e retornava aos domingos com meus 'novos amigos'. Às
vezes a gente conseguia o 'extasy', dançávamos nos 'Points' a noite inteira
e depois... farra!

O meu comportamento tinha mudado em casa, meus pais perceberam, mas no
início eu disfarçava e dizia que eles não tinham nada a ver com a minha
vida...

Comecei a roubar em casa pequenas coisas para vender ou trocar por drogas...
Aos poucos o dinheiro foi faltando e para conseguir grana fazia programas
com uns velhos que pagavam bem.
Sentia nojo de vender o meu corpo, mas era necessário para conseguir
dinheiro. Aos poucos toda a minha família foi se desestruturando. Fui
internada diversas vezes em Clínicas de Recuperação.
Meus pais, sempre com muito amor, gastavam fortunas para tentar reverter o
quadro.
Quando eu saía da Clínica agüentava alguns dias, mas logo estava me picando
novamente. Abandonei tudo: escola, bons amigos e família.

Em dezembro de 2007 a minha sentença de morte foi decretada; descobri que
havia contraído o vírus da AIDS, não sei se me picando, ou através de
relações sexuais muitas vezes sem camisinha.

Devo ter passado o vírus a um montão de gente, porque os homens pagavam mais
para transar sem camisinha.

Aos poucos os meus valores, que só agora reconheço, foram acabando, família,
amigos, pais, religião, Deus, até Deus, tudo me parecia ridículo.

Meu pai e minha mãe fizeram tudo, por isso nunca vou deixar de amá-los.

Eles me deram o bem mais precioso que é a vida e eu a joguei pelo ralo.
Estou internada, com 24 kg, horrível, não quero receber visitas porque não
podem me ver assim, não sei até quando sobrevivo, mas do fundo do coração
peço aos jovens que não entrem nessa viagem maluca...
Você com certeza vai se arrepender assim como eu, mas percebo que é tarde
demais pra mim.

OBS.: Patrícia encontrava-se internada no Hospital Universitário de
Florianópolis e a enfermeira Danelise, que cuidava de Patrícia, veio a
comunicar que Patrícia veio a falecer 14 horas mais tarde depois que
escreveram essa carta, de parada cardíaca respiratória em conseqüência da
AIDS.

Por favor, repassem esta carta. Este era o último desejo de Patrícia.

POR FAVOR AMIGOS, PEÇO-LHES ENCARECIDAMENTE QUE ENVIEM ESSA CARTA A
TODOS...SE ELA CHEGOU A SUA MÃO NÃO É POR ACASO!
SIGNIFICA QUE VOCÊ FOI
ESCOLHIDO PARA AJUDAR ALGUÉM!!!
Foto: DROGAS, Alerte as pessoas, familia, amigos vizinhos para não começar a usar. (Informação, a unica ferramenta capaz de combater as drogas) veja a historia abaixo

Alertem seus filhos (as), sobrinhos (as), amigos (as).
É muito triste! 
A história é muito triste e infelizmente, bem verdadeira ... 

A quem possa interessar... 

Relato da EX-PAQUITA PATRÍCIA do programa da XUXA Leia, e repasse
para quantas pessoas conseguir.........


Meu nome é Patrícia, e encontro-me no momento quase sem
forças, mas pedi para a enfermeira Dane minha amiga escrever esta carta que
será endereçada aos jovens de todo o Brasil, antes que seja tarde demais:

Eu era uma jovem 'sarada', criada em uma excelente família de classe média
alta Florianópolis. Meu pai é Engenheiro Eletrônico de uma grande estatal e
procurou sempre para mim e para meus dois irmãos dar tudo de bom e o que tem
e melhor,inclusive liberdade que eu nunca soube aproveitar.

Aos 13 anos participei e ganhei um concurso para modelo e manequim para a
Agência Kasting e fui até o final do concurso que selecionou as novas
Paquitas
do programa da Xuxa. Fui também selecionada para fazer um Book na Agência
Elite em São Paulo.

Sempre me destaquei pela minha beleza física, chamava a atenção por onde
passava. Estudava no melhor colégio de 'Floripa', Coração de Jesus. Tinha
todos os garotos do colégio aos meus pés.

Nos finais de semana freqüentava shopping, praias, cinema, curtia com minhas
amigas tudo o que a vida tinha de melhor a oferecer às pessoas saradas,
física e mentalmente.

Porém, como a vida nos prega algumas peças, o meu destino começou a mudar em
outubro de 2004. Fui com uma turma de amigos para a OKTOBERFEST em Blumenau.
Os meus pais confiavam em mim e me liberaram sem mais apego. Em Blumenau,
achei tudo legal, fizemos um esquenta no 'Bude', famoso barzinho na Rua XV.

À noite fomos ao 'PROEB' e no 'Pavilhão
Galego' tinha um show maneiro da Banda Cavalinho Branco. Aquela movimentação
de gente era "trimaneira''.

Eu já tinha experimentado algumas bebidas, tomava escondido da minha mãe o
Licor Amarula, mas nunca tinha ficado bêbada. Na quinta feira, primeiro dia
e OKTOBER, tomei o meu primeiro porre de CHOPP.

Que sensação legal curti a noite inteira
'doidona', beijei uns 10 carinhas, inclusive minhas amigas colocavam o CHOPP
numa mamadeira misturado com guaraná para enganar os 'meganha', porque menor
não podia beber; mas a gente bebeu a noite inteira e os otários' não
percebiam.

Lá pelas 4h da manhã, fui levada ao Posto Médico, quase em coma alcoólico,
numa maca dos Bombeiros.. Deram-me umas injeções de glicose para melhorar.
Quando fui ao apartamento quase 'vomitei as tripas', mas o meu grito de
liberdade estava dado. No dia seguinte aquela dor de cabeça horrível, um mal
estar daqueles como tensão pré-menstrual. No sábado conhecemos uma galera de
S. Paulo, que alugaram um ap' no mesmo prédio. Nem imaginava que naquele dia
eu estava sendo apresentada ao meu futuro assassino. Bebi um pouco no
sábado, a festa não estava legal, mas lá pelas 5:30 h da manhã fomos ao 'ap'
dos garotos para curtir o restante da noite. Rolou de tudo e fui apresentada
ao famoso baseado 'Cigarro de Maconha', que me ofereceram.

No começo resisti, mas chamaram a gente de 'Catarina careta', mexeram com
nossos brios e acabamos experimentando. Fiquei com uma sensação esquisita,
de baixo astral, mas no dia seguinte antes de ir embora experimentei
novamente.
O garoto mais velho da turma o 'Marcos', fazia carreirinho e cheirava um pó
branco que descobri ser cocaína. Ofereceram-me,mas não tive coragem naquele
dia.
Retornamos a 'Floripa' mas percebi que alguma coisa tinha mudado, eu sentia
a necessidade de buscar novas experiências, e não demorou muito para eu
novamente deparar-me com meu assassino 'DRUGS'.
Aos poucos, meus melhores amigos foram se afastando quando comecei a me
envolver com uma galera da pesada, e sem perceber, eu já era uma dependente
química, a partir do momento que a droga começou a fazer parte do meu
cotidiano.

Fiz viagens alucinantes, fumei maconha misturada com esterco de cavalo,
experimentei cocaína misturada com um
monte de porcaria.

Eu e a galera descobrimos que misturando cocaína com sangue o efeito dela
ficava mais forte, e aos poucos não compartilhávamos a seringa e sim, o
sangue que cada um cedia para diluir o pó.

No início a minha mesada cobria os meus custos com as malditas, porque a
galera repartia e o preço era acessível. Comecei a comprar a 'branca' a R$
10,00 o grama, mas não demorou muito para conseguir somente a R$ 20,00 a
boa, e eu precisava no minimo 5 doses diárias.

Saía na sexta-feira e retornava aos domingos com meus 'novos amigos'. Às
vezes a gente conseguia o 'extasy', dançávamos nos 'Points' a noite inteira
e depois... farra!

O meu comportamento tinha mudado em casa, meus pais perceberam, mas no
início eu disfarçava e dizia que eles não tinham nada a ver com a minha
vida...

Comecei a roubar em casa pequenas coisas para vender ou trocar por drogas...
Aos poucos o dinheiro foi faltando e para conseguir grana fazia programas
com uns velhos que pagavam bem.
Sentia nojo de vender o meu corpo, mas era necessário para conseguir
dinheiro. Aos poucos toda a minha família foi se desestruturando. Fui
internada diversas vezes em Clínicas de Recuperação.
Meus pais, sempre com muito amor, gastavam fortunas para tentar reverter o
quadro.
Quando eu saía da Clínica agüentava alguns dias, mas logo estava me picando
novamente. Abandonei tudo: escola, bons amigos e família.

Em dezembro de 2007 a minha sentença de morte foi decretada; descobri que
havia contraído o vírus da AIDS, não sei se me picando, ou através de
relações sexuais muitas vezes sem camisinha.

Devo ter passado o vírus a um montão de gente, porque os homens pagavam mais
para transar sem camisinha.

Aos poucos os meus valores, que só agora reconheço, foram acabando, família,
amigos, pais, religião, Deus, até Deus, tudo me parecia ridículo.

Meu pai e minha mãe fizeram tudo, por isso nunca vou deixar de amá-los.

Eles me deram o bem mais precioso que é a vida e eu a joguei pelo ralo.
Estou internada, com 24 kg, horrível, não quero receber visitas porque não
podem me ver assim, não sei até quando sobrevivo, mas do fundo do coração
peço aos jovens que não entrem nessa viagem maluca...
Você com certeza vai se arrepender assim como eu, mas percebo que é tarde
demais pra mim.

OBS.: Patrícia encontrava-se internada no Hospital Universitário de
Florianópolis e a enfermeira Danelise, que cuidava de Patrícia, veio a
comunicar que Patrícia veio a falecer 14 horas mais tarde depois que
escreveram essa carta, de parada cardíaca respiratória em conseqüência da
AIDS.

Por favor, repassem esta carta. Este era o último desejo de Patrícia.

POR FAVOR AMIGOS, PEÇO-LHES ENCARECIDAMENTE QUE ENVIEM ESSA CARTA A
TODOS...SE ELA CHEGOU A SUA MÃO NÃO É POR ACASO! 
SIGNIFICA QUE VOCÊ FOI
ESCOLHIDO PARA AJUDAR ALGUÉM!!!

Gratidão para os dias de ingratidão


Dois tipos de vozes chama sua atenção hoje. As negativas preenchem sua mente com dúvidas, amargura e medo. As positivas fornecem esperança e força. Quais você escolherá ouvir? Você sabe que você tem escolha. " Levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo." (2 Corintios 10:5)
Você deixa qualquer um que bate em sua porta entrar em sua casa? Não deixe todo pensamento que surge permanecer em sua mente. Mantenha-o aprisionado ... faça-o obedecer a Jesus. Se ele se negar, não pense nele.
Pensamentos negativos nunca o fortalecem. Quantas vezes você resolveu o congestionamento do trânsito com suas reclamações? Reclamar das contas que faz com que elas desapareçam? Por que remoer suas dores, seus problemas e suas tarefas?
" Acima de tudo, guarde o seu coração,pois dele depende toda a sua vida" Provérbios 4:23
texto do Livro: Todo dia é um dia especial autor Max Lucado

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

PREPARADOS PARA A CONQUISTA


Preparados para conquistar a terra
Prª Eliana: Esta mensagem foi ministrada no dia 16/04/11. No terceiro culto da Igreja Bethesda que foi na varanda da minha casa, estávamos sonhando como seria a igreja e Deus me deu esta mensagem que aqueceu os nossos corações. Agora estamos caminhando para o segundo ano com muitas conquistas e com muitas lutas mas em todos os momentos desfrutamos da presença do Senhor. Já entraram muitas pessoas e já saíram muitas pessoas na igreja eu entendo hoje que muitos que vieram movidos pelas emoções não permaneceram porque para permanecer neste ministério não dá para ser pela metade. Este ministério Bethesda tem que ser 100% de comprometimento, renuncia, e dedicação e sobretudo amar ao Senhor Jesus com todo entendimento. Porque queremos ir além do natural queremos a cada dia romper em fé e trabalhar profundamente nas vidas, e para isto temos que estar preparados para servir e ter a visão de Reino.
Josué 3
-Deus sempre nos fala como Ele deseja que façamos a sua obra. Vs 3 diz: " E ordenaram o povo: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, sendo levada pelos sacerdotes levitas, partireis do vosso lugar e a seguirei."
- Deus nos leva por uma novo caminho. "Assim sabereis o caminho, pelo qual haveis de ir, porque por este caminho nunca passastes."
-Deus nos pede santificação. " Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós."
-Deus levanta o seu servo em honra. "Hoje começarei a honrar-te perante os olhos de todo Israel".
-Deus nos garante força para vencer, e expulsar nossos inimigos. vs 10 "... certamente expulsará de diante de vós os cananeus,os heteus, heveus, perizeus, os girgaseus, os amorreus e os jebuseus. Isto fala de termos que vencer principados e potestades e que não podemos nos intimidar, temos que avançar na força do Senhor.
- Deus se move no sobrenatural para nos abençoar, mesmo na cheia do Jordão. "Então o povo passou bem em frente de Jericó. (...) e todo Israel fez a travessia a pé enxuto, até que todo o povo acabou de atravessar o Jordão." vs 17
Quando o nosso coração está inclinado a obedecer e  amar ao Senhor de todo nosso coração com todas as  forças do nosso ser  Deus  está presente, e nunca nos abandona.


A placa da igreja ficou linda






Sinais para Identificar um Usuário de Drogas


Luis Carlos Ávila 

Esp. Dependência Químico



Eis alguns sinais gerais, relacionados, possivelmente, ao uso de drogas:

  • Falta de motivação para estudar ou trabalhar;
  • Mudanças bruscas de comportamento.
  • Troca do dia pela noite;
  • Inquietação, Irritabilidade, ansiedade, cacoetes.
  • Perda de interesse pelas atividades rotineiras.
  • Insônia;
  • Olhos avermelhados, olheiras.
  • Necessidade cada vez maior de dinheiro. Desaparecimento de objetos de valor ou dinheiro, etc.
  •  Pertences de valor de dentro de casa ou de amigos e parentes;
  • Há alterações súbitas de humor, uma intensa euforia, alternada com choro ou depressão;
  • Há perda de sono ou apetite, insônia, intercalada com períodos de sono demorado, troca do dia pela noite;
  • Começa a se relacionar com amigos diferentes;
  • Fica mais descuidado com a higiene pessoal;
  • Muda o vocabulário, usando termos mais pesados;
  • Tem atitudes de culpa e reparação: agride os pais, chora, se tranca no quarto;
  • Passa noites fora de casa;
  • Apresenta apetrechos como espelhinhos, fósforos, canudos, usados para cheirar cocaína;
  • Aparecem entre os pertences restos de fumo, maconha ou crack;
  • Tem receitas de medicamentos ou caixas de comprimidos de psicotrópicos;
  • As roupas, os lenços ou as mantas têm cheiro forte de solvente;
  • Há vestígios de pó branco nos bolsos.


SINAIS E DICAS ESPECÍFICAS DE UM USUÁRIO DE DROGAS

Importante: As informações que descreveremos a seguir constituem uma espécie de guia para se 
descobrir se seu (sua) filho (a),
 amigo (a) é usuário (a) de drogas ou não.

1. MACONHA, MARIJUANA, HAXIXE
a) Principais sintomais e sinais de conduta:
Tagarelice, excitabilidade, risadas ou depressão e sonolência. Aumento de apetite
 (doces principalmente), olhos vermelhos, congestos, alucinações,
 distúrbios na percepção do tempo e do espaço.
b) Elementos acessórios:
Odor de relva queimada no local, presença de vegetal cinza esverdeado
 triturado com pequenas sementes lisas, restos de cigarros feitos a mão, dedos manchados e 
odor nas roupas.


2. ESTIMULANTES, ANFETAMINAS ou “BOLINHAS”, e MODERADORES DE APETITES
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Inquietação, excitabilidade, tagarelice constante, confusão mental, falta de apetite com emagrecimento,
 insônia, conduta agressiva, boca seca com irritação das narinas (secas), alucinações e dilatação das pupilas.
b) Elementos acessórios:
Presença de comprimidos de diversos tipos, hábito de fumar cigarros constantes,
 inquietação motora (não pára quieto).


3.DEPRESSORES CENTRAIS, BARBITÚRICOS (HIPNÓTICOS) e TRANQÜILIZANTES
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Sonolência, apatia, indiferença motora, aparência de ébrio, “língua enrolada”, depressão.
b) Elementos acessórios:
Embriaguez sem hábito de álcool, falta de força muscular, presença de comprimidos ou
 drágeas de diversas cores.


4. SOLVENTES VOLÁTIL, COLA DE SAPATEIRO, DE AEROMODELISMO, LIMPA TIPOS,
 LANÇA PERFUMES, FLUÍDOS DE LIMPEZA, ÉTER, CLOROFÓRMIO, BENZINA
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Aparência de ébrio, excitação, hilaridade, linguagem enrolada, perda de equilíbrio, olhos vermelhos,
 nariz escorrendo (constipado), sonolência, inconsciência.
b) Elementos acessórios:
Latas ou bisnagas de cola, frascos de lança-perfumes restos de sólidos ou nódoas em panos, 
sacos de plástico.


5. LSD, DMT, STP, MESCALINA, PSILOCIBINA, CHÁ DE COGUMELO
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Alucinações, delírios, confusão mental e dificuldades de raciocínio, risos e choros,
 atitudes impulsivas e irracionais, calafrios, tremores, sudorese, linguagem incoerente, pupila dilatada,
 reações de pânico com sensação de deformação no corpo e em objetos.
b) Elementos acessórios:
Pequenos comprimidos ou drágeas, cubos de açucar com manchas, restos de cogumelo
 (com cheiro de esterco), pequenos frascos.


6. COCAÍNA
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Exitação, aumento da atividade, agressividade, idéias delirantes com suspeita de tudo e de todos, 
palidez acentuada e dilatação da pupila.
b) Elementos acessórios:
Septo nasal perfurado e com pequenas hemorragias, pó branco cristalino, objetos metálicos tipo
 caixa de rapé ou pequenos tubos metálicos.


7.ÓPIO, MORFINA, HEROÍNA e NARCÓTICOS DE SINTESE (ALGAFAN, PAMBENIL)
a) Principais sintomas e sinais de conduta:
Estupor, analgesia, lacrimejamento, coriza, sonolência, pupila como cabeça de alfinete.
b) Elementos acessórios:
Pó branco cristalino ou escuro, ampolas, frascos, frascos de xarope, seringas hipodérmicas e acessórios,
 agulhas, manchas de sangue nas roupas, feridas, cicatrizes e abcessos no corpo, dedos queimados.

QUEM TE UNGIU?

1- Nosso Deus é tremendo e organizado, Ele estabelece o sacerdócio com Arão e dá toda orientação como deveria ser executado este ministério. O Deus que chama é o Deus que capacita, ele destaca toda família de Arão para o trabalho sacerdotal. Não era para qualquer um de Israel Deus fez a sua escolha.

Depois tu farás chegar a ti teu irmão Arão, e seus filhos com ele, do meio dos filhos de Israel, para me administrarem o ofício sacerdotal; a saber: Arão, Nadabe, e Abiú, Eleazar e Itamar, os filhos de Arão. Êxodo 28:1

Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio. Êxodo 30:30



2- Como deveria ser a purificação, Deus é santo ninguém pode chegar diante da sua presença de qualquer maneira, principalmente aqueles que estão a frente para ministrar. Vemos nos nossos dias que muitos perderam este temor e vão ministrar diante do Senhor contaminados pelo pecado do orgulho, da soberba, da mentira, com hipocrisia,sem contar com os pecados da carne que são nas áreas sexuais como a pornografia o adultério e outros.


E Arão e seus filhos nela lavarão as suas mãos e os seus pés.

Quando entrarem na tenda da congregação, lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para acender a oferta queimada ao SENHOR.

Lavarão, pois, as suas mãos e os seus pés, para que não morram; e isto lhes será por estatuto perpétuo a ele e à sua descendência nas suas gerações. Êxodo 30:19-21

3- Como deveria ser feito a consagração? Além da unção feita com azeite havia  uma vestimenta adequada para execução do sacerdócio.


Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:

Toma a Arão e a seus filhos com ele, e as vestes, e o azeite da unção, como também o novilho da expiação do pecado, e os dois carneiros, e o cesto dos pães ázimos,

E reúne toda a congregação à porta da tenda da congregação.
Fez, pois, Moisés como o SENHOR lhe ordenara, e a congregação reuniu-se à porta da tenda da congregação.
Então disse Moisés à congregação: Isto é o que o SENHOR ordenou que se fizesse.
E Moisés fez chegar a Arão e a seus filhos, e os lavou com água.
E vestiu-lhe a túnica, e cingiu-o com o cinto, e pós sobre ele o manto; também pôs sobre ele o éfode, e cingiu-o com o cinto de obra esmerada do éfode e o apertou com ele. 
Levítico 8:1-7



4- O azeite da unção e do sangue sobre o altar isto fala da presença do Espirito Santo de Deus e do sangue que purifica de todo pecado apontando para obra redentora de Jesus Cristo o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

Tomou Moisés também do azeite da unção, e do sangue que estava sobre o altar, e o espargiu sobre Arão e sobre as suas vestes, e sobre os seus filhos, e sobre as vestes de seus filhos com ele; e santificou a Arão e as suas vestes, e seus filhos, e as vestes de seus filhos com ele Levítico 8:30

5- Obediência precede a benção


E Arão e seus filhos fizeram todas as coisas que o SENHOR ordenara pela mão de Moisés. Levítico 8:36


6- O grande perigo de não entender a santidade do Senhor, a familiaridade com as coisas de Senhor muitas vezes nos leva a oferecer fogo estranho diante do altar. Deus não compactua com o pecado, ele não aceita rebeldes, conivencia com o pecado, insubordinação   Primeira situação de tristeza e morte por fazer as coisas do Senhor de qualquer maneira. Cuidado com o fogo estranho!


E os filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o SENHOR, o que não lhes ordenara.

Então saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram perante o SENHOR.

E disse Moisés a Arão: Isto é o que o SENHOR falou, dizendo: Serei santificado naqueles que se chegarem a mim, e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão calou-se. Levítico 10:1-3

7- Santificação processo continuo de purificação, discernimento para fazer boas escolhas, a maturidade espiritual nos leva a saber a diferença ente o santo e o profano, o imundo e o limpo.


E falou o SENHOR a Arão, dizendo:
Não bebereis vinho nem bebida forte, nem tu nem teus filhos contigo, quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais; estatuto perpétuo será isso entre as vossas gerações;

E para fazer diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo, 
Levítico 10:8-10

Hoje temos visto alguns abusos neste assunto pessoas  se alto intitulando  apostolo, bispo, pastores sem nenhuma condição de exercer estas funções oferendo ao Senhor fogo estranho conduzindo pessoas ao erro por não cumprirem os princípios da Palavra. Pastora Eliana Araújo.